3 de fev de 2016

A.B.E.L.H.A. e CRIA desenvolvem plataforma de pesquisa online

Friesella schottkyi Fototeca Cristiano Menezes (2016)

O Sistema de Informação Científica sobre Abelhas Neotropicais confere agilidade na busca pelo conhecimento científico disponível na Internet


Frieseomelitta varia
Fototeca Cristiano Menezes (2016)
A Associação Brasileira de Estudos das Abelhas (A.B.E.L.H.A.), em parceria com o Centro de Referência em Informação Ambiental (CRIA), está lançando o Sistema de Informação Científica sobre Abelhas Neotropicais (http://abelha.cria.org.br/), uma plataforma de pesquisa que tem por objetivo facilitar o acesso à informação científica disponível em diferentes sistemas on-line. A informação é apresentada em uma página única e permite ao usuário o acesso direto à sua fonte primária.

A plataforma é destinada principalmente a pesquisadores e estudantes universitários que buscam encontrar de maneira rápida e eficiente informações que podem dar suporte a seus estudos. Entretanto, o sistema é aberto para consulta de todos os públicos interessados.

A diretora-executiva da A.B.E.L.H.A., Ana Assad, ressalta a importância da ferramenta como forma de ampliar a disseminação das informações. “O Sistema tem a função de oferecer à comunidade científica e a interessados no tema dos polinizadores, em especial das abelhas, um caminho mais curto para que o conhecimento científico disponível seja não apenas utilizado em trabalhos acadêmicos, como também que tenham o seu alcance ampliado, incentivando novos estudos, aplicações e publicações”.

Tetragonisca angustula Fototeca Cristiano Menezes (2016)

Fontes científicas

O Sistema utiliza como fonte primária o Catálogo de Abelhas Moure, referência fundamental sobre a fauna neotropical de abelhas,  e integra dados de bases como Biodiversity Heritage Library (BHL), Bioline International, Fototeca Cristiano Menezes, rede speciesLink, o sistema de bibliografia do IBICT, oasisbr, além de outras informações especializadas.

Para consultar e iniciar a navegação, basta digitar o nome científico ou o nome comum da abelha. À medida que o nome é digitado, são as principais informações sobre a espécie escolhida e os resultados das buscas nas diferentes fontes.

O sistema está disponível na URL: http://abelha.cria.org.br