28 de jul. de 2023

Catálogo de Abelhas Moure 2022, speciesLink e sistema Lacunas

Equipe do CRIA

O Catálogo Moure para as espécies de abelhas neotropicais, versão 2022, coordenado pelo Prof. Gabriel A. R. Melo, foi atualizado online com novas informações taxonômicas, publicadas no período de 2011 a 2021.

O Catálogo Moure agora apresenta a distribuição das espécies por estados e municípios. O sistema Lacunas de conhecimento das abelhas no Brasil compara a distribuição indicada no Catálogo Moure com os registros de ocorrência de abelhas na rede speciesLink (Fig.1).

Figura 1. Mapa da distribuição da espécie Aparatrigona impunctata no Catálogo Moure e na rede speciesLink


Figura 2. Imagem da espécie Aparatrigona impunctata espécie analisada na Fig.1 (Fonte: Fototeca Cristiano Menezes, speciesLink, 2023)

É importante ressaltar a diferença entre a abrangência geográfica apresentada pelo Catálogo Moure e a do Sistema Lacunas. O Catálogo Moure apresenta como escopo geográfico a região neotropical, por país, estado e município. Utiliza como fonte as informações taxonômicas publicadas. O Sistema Lacunas associa aos nomes científicos do Catálogo Moure, os dados de ocorrência de espécies coletadas/observadas no Brasil, usando dados da rede speciesLink, que tem como fonte, registros de espécimes em coleções biológicas e fototecas. Essas duas fontes são então comparadas para identificar possíveis lacunas de dados ou do conhecimento das abelhas do Brasil.

O Sistema Lacunas tem por objetivo auxiliar a comunidade científica na priorização das espécies a serem pesquisadas, coletadas, digitadas e integradas à rede speciesLink. O Sistema Lacunas usa um banco de dados resultante do cruzamento de todas as espécies do Catálogo de Abelhas Moure com os dados de ocorrência dessas espécies no Brasil, integrados à rede speciesLink.

O sistema Lacunas abelhas foi lançado em julho de 2019, e até o relatório Lacunas de julho de 2021, foi utilizado o Catálogo Moure versão 2012 como referência. A partir de abril de 2022, o relatório Lacunas passou a adotar o Catálogo Moure versão 2022 como referência.

As tabelas a seguir apresentam o número de espécies por subfamília citadas nos Catálogos Moure de 2012 e de 2022 em números totais, número de espécies que não ocorrem no Brasil e o número de espécies que, de acordo com o Catálogo Moure, ocorrem no Brasil. 

Tabela 1. Número de espécies citadas nos Catálogos Moure 2012 e 2022, classificadas de acordo com a sua ocorrência no Brasil


A diferença do número de espécies nos dois Catálogos mostra a evolução do conhecimento sobre as abelhas neotropicais por subfamília.

Tabela 2. Número de novas espécies incluídas no Catálogo Moure versão 2022


São 375 novas espécies incluídas na versão 2022 do Catálogo Moure, um aumento de 7%. Analisando as espécies que ocorrem no Brasil, o aumento foi superior a 10%.

O CRIA agradece ao Prof. Gabriel Melo pelo trabalho e compartilhamento dos dados do Catálogo Moure para a sua publicação online. Também agradecemos às equipes das coleções biológicas que compartilham seus dados com a rede speciesLink e assim possibilitam desenvolver esse sistema que ressalta as lacunas de dados e/ou conhecimento sobre as abelhas no Brasil.

Por fim, agradecemos o apoio dado ao projeto Consolidação da e-infraestrutura de dados abertos sobre a diversidade das abelhas nativas do Brasil que contou com o financiamento do CNPq, MCTIC, IBAMA e a Associação Brasileira de Estudo das Abelhas (A.B.E.L.H.A.) e ajudou a viabilizar esse trabalho.

Um comentário:

  1. Excelente matéria!

    Atenciosamente
    Antonella Assunpção
    https://refugedecor.com/
    Regfuge & Decor

    ResponderExcluir